Emoção na 59ª Formatura do ISBL

“Aos 16 anos, Deus me chamou e nada mais me satisfazia. Ele mostrou que eu estava fazendo pouco e que precisaria fazer muito mais para sua obra”. A declaração é do jovem William Rosa de Almeida, 22 anos, um dos 20 formandos da 59ª formatura do ISBL, realizada no dia 19 de fevereiro.
Uma linda cerimônia, marcada pela emoção de cada formando e familiares encheu a Igreja Missionária Shalom de Londrina.


“Sentimos uma enorme alegria em cada formatura porque sinaliza que estamos no caminho certo que é a formação pastoral”, garante o diretor acadêmico do ISBL, Vanderlei Frari.


Durante a solenidade, as palavras do paraninfo, professor Mauricio Mantovani penetrou nos corações de todos os presentes, ao destacar a importância da formação cristã. “Vocês escolherem estudar e aperfeiçoar seus conhecimentos para ajudar as pessoas. Certamente irão encontrar muitas lutas e desafios pela frente, mas a ajuda e a orientação virá do Senhor que os chamou”, disse.


O pastor e ex-presidente da Convenção Nacional das Igrejas Missionárias do Brasil, (CONIM), José Jacó Vieira, veio para prestigiar a formatura do filho, Jacó Junior, que concluiu o curso presencial. “É uma satisfação testemunhar este momento de formação de mais uma nova geração de líderes e pastores da Igreja Missionária”. Já o atual presidente da CONIM, Pr. Sandro Marcelo Cândido, destacou a importância da formação oferecida pela ISBL com base no texto 2 Co 4.17, que se refere ao ministério pautado no relacionamento com Jesus.


Atendendo ao chamado – Cada formando tem uma história diferente. Alguns receberam o chamado ainda crianças, como é o caso de Dalcida Peixoto de Lima Santos, que aos 12 anos já tinha ministério com crianças na Igreja Missionária de Delmiro Gouveia, no alto sertão de Alagoas. Sua mãe, Dona Dalcida, não reclama da longa viajem que fez para ver a filha receber o diploma. “Trabalhamos com pessoas pobres e precisamos de novos líderes e pastores. Ela já tem um ministério que a aguarda. Somos gratos ao ISBL por tudo que lhe ensinaram”, disse a mãe que também comemora a formatura da sua outra filha Marta Lima dos Santos Bonilha que fez o curso a distância.


Já o aposentado Isnard Cordeiro garante que buscou o curso de teologia para aprofundar os conhecimentos da Bíblia. Após trabalhar por mais de 50 anos com comunicação social, ouviu o chamado de Deus e não esperou para fazer sua matrícula no ISBL. “Eu estava andando pela rua e ouvi uma voz chamando pelo meu nome. Olhei para todos os lados e não vi ninguém, naquele momento meu coração se encheu de amor e entendi que era o chamado Deus”, declarou Cordeiro que este ano completará 74 anos.


O jovem Lucas Rodrigues de Andrade, 21 anos, foi escolhido o orador da turma. Em seu discurso, ele agradeceu amorosamente a todos que fizeram parte da trajetória do grupo. Lembrou do seu chamado aos 16 anos na cidade de Astorga. “No primeiro dia que entrei na igreja e vi o pastor pregando eu senti que era aquilo que eu queria fazer para ao resto da minha vida. Me entreguei de corpo e alma. O curso me ofereceu mais que eu esperava, ótimos professores, disciplinas importantes que me deram uma bagagem extraordinária para enfrentar o ministério que Senhor me propôs”, finalizou.